NIKE+ RUN CLUB

0922_NRC_SLP_FST0_mobile.jpg

COMO ESCOLHER O
PLANO DE TREINO
CERTO PARA TI

PickAPlan_MBL_01a.jpg

Nada te vai motivar mais a correr este ano do que a inscrição numa corrida, a definição de um objetivo para essa corrida, seguido de um plano de treino que te irá ajudar a cruzar a tua meta pessoal no final. No entanto, com tantos eventos e recursos disponíveis, descobrir a distância a percorrer ou o plano que deves seguir pode ser um processo intimidante. Pedimos aos nossos treinadores do NRC para esclarecerem isso por nós.

RAN_MBL_02.png

1. AVALIA A TUA CONDIÇÃO FÍSICA ATUAL.
Ao conheceres a velocidade e a distância que consegues correr atualmente, será mais fácil tomares decisões sobre os teus objetivos de treino futuros. Por exemplo, se completaste apenas dois quilómetros em duas semanas, inscreveres-te numa corrida de 10 quilómetros no próximo mês provavelmente não é a opção mais inteligente. O teu objetivo principal deve ser criar um plano que te conduza ao sucesso, que simplesmente te conduzirá a maiores objetivos e sucessos no futuro. Cada corrida de recuperação é uma oportunidade para avaliares a tua condição física. Presta atenção ao teu ritmo e, em seguida, utiliza a tabela de ritmo do NRC para determinares em que patamar te encontras e que velocidade mais se adequa a esforços específicos. Utiliza essas informações para definir um objetivo pessoal desafiante, mas alcançável.

RAN_MBL_02.png

2. COMEÇA SEMPRE PELO TEU OBJETIVO MAIS IMPORTANTE E VOLTA ATRÁS A PARTIR DAÍ.
Pergunta a ti mesmo: "O pretendo fazer?". Podes tornar-te mais rápido e correr uma maratona. Podes correr durante mais tempo e participar numa corrida de cinco quilómetros. Podes correr mais rápido e durante mais tempo ou não correr de todo! A escolha é tua. Assim que souberes o que pretendes alcançar, tens de ser realista relativamente ao que é exigido a nível físico e mental para conseguires chegar a esse objetivo. Posto isto, deves criar um plano de treino que te conduza do ponto A ao ponto B dentro do tempo estipulado. Estabelece para ti próprio indicadores de corrida (outras corridas, treinos específicos, etc.) em todo o teu treino para te certificares de que te manténs no caminho certo. Podes perfeitamente correr cinco quilómetros em preparação para aquela maratona ou uma corrida temporizada de um quilómetro antes da corrida de cinco quilómetros.

RAN_MBL_02.png

3. SÊ CONSISTENTE, MANTÉM-TE FLEXÍVEL E DIVERTE-TE.
Não olhes para ti próprio como um maratonista ou um corredor de cinco ou dez quilómetros. És um corredor. Isso significa que corres. Significa que podes treinar para uma maratona de cinco quilómetros ou para uma corrida em pista coberta. Significa que és capaz de correr em estradas ou trilhos. Também significa que não tens necessariamente de treinar para uma corrida real. Correr pode ser simplesmente uma forma de encontrar a tranquilidade, força ou de recuperar. Por isso, não esperes que uma corrida ou um tempo a alcançar seja a tua única motivação para começar. Certifica-te de que o teu calendário de corridas ou os objetivos que estabeleceste não só são desafiantes, como também divertidos. Se pretendes despertar a versão mais incrível de ti próprio e alcançar grandes objetivos pelo caminho, é necessário que estejas entusiasmado com o percurso.

FT_DSK_02.png

CONHECE OS TREINADORES Para mais inspiração, motivação e conselhos de corrida, segue estes treinadores do NRC no Instagram.

nrc-london-coach-becs-gentry-640x640.jpg

BECS GENTRY, TREINADORA DO NRC DE LONDRES

nrc-berlin-coach-jan-fitschen-640x640.jpg

JAN FITSCHEN, TREINADOR DO NRC DE BERLIM

nrc-barcelona-coach-nacho-caceres-640x640.jpg

NACHO CÁCERES, TREINADOR DO NRC DE BARCELONA

nrc-amsterdam-coach-jay-breidel-640x640.jpg

JAY BREIDEL, TREINADOR DO NRC DE AMESTERDÃO